CONCURSO: Edital da Assembleia deve sair em fevereiro

Está previsto para a segunda quinzena de fevereiro o Edital do concurso público para a  Assembleia Legislativa de Roraima. As oportunidades serão para os níveis médio e superior. A informação foi confirmada pelo órgão nesta terça-feira, 30.

As etapas do concurso estão previstas para serem realizadas ainda no primeiro semestre de 2018. Ou seja, as provas deverão ser aplicadas até março! Também foram divulgados os valores das taxas de inscrição. Para cargos de nível médio o valor é de R$100, para os de nível superior R$150 e para os de procurador R$200.

Conforme a Folha já havia divulgado, a seleção vai oferecer 32 vagas, das quais 10 serão destinadas a cargos de nível médio e 22 a cargos de nível superior. O salário bruto inicial varia de R$ 3.218,50 a R$ 7.903,10.

No nível médio, as oportunidades serão distrubuídas entre os cargos de assistente legislativo e taquígrafo. O salário inicial bruto para essa escolaridade é de R$3.218,50.

Já no nível superior, haverá oportunidades para tradutor (Inglês), revisor, psicólogo, enfermeiro, economista, contador, assessor técnico legislativo, analista de sistemas e administrador. Para esses o inicial bruto é de R$6.079,31, exceto para procurador, cujo inicial será de R$7.903,10.

A banca organizadora do concurso Assembleia-RR já foi escolhida. Conforme dispensa publicada no Diário Oficial no último dia 24 de janeiro, empresa reponsável pelas provas da seleção será a Funrio – Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência.

De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, a comissão do concurso também já está formada. Com isso, é provável que o contrato com a banca seja assinado nas próximas semanas para que o caminho fique livra para publicação do edital.

Último concurso da Assembleia-RR foi há oito anos

O último concurso público para a Assembleia Legislativa de Roraima aconteceu em 2010. Na ocasião a organizadora foi a Cetap. Para os cargos de nível superior, a avaliação consistiu e análise de títulos e uma prova objetiva com questões de Português, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos.

Para os de nível médio e médio/técnico, o exame cobrou as mesmas disciplinas, mas não houve a etapa dos títulos. Já para o nível fundamental, a prova teve questões de Português, Matemática, História de Roraima e Geografia de Roraima.

Deixe uma resposta