Moedas e nova série de selos são lançados em homenagem às Olimpíadas

17555720Os Correios lançaram hoje (6), no Rio de Janeiro, uma nova série de selos e moedas sobre as Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016. A cartela tem 20 selos e retrata nove esportes olímpicos e um paralímpico. A Casa da Moeda lançou a terceira série de moedas com mais três esportes Olímpicos – voleibol, judô e futebol – e um paralímpico, o atletismo.

O presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, informou que a série de selos já está em circulação em todas as agências do país, com tiragem de 2,4 milhões, no valor de R$ 1,40 cada. “É o registro de um evento esportivo mundial muito importante para a história do Brasil. Uma alegria para os Correios, que também são o operador logístico do evento”, disse Pinheiro.

Ele adiantou que, futuramente, haverá selos estampados pelos atletas brasileiros que ganharem medalhas. “Os selos são para registrar momentos históricos especiais. Parte da cultura e da história de um país”. Os Correios patrocinam equipes olímpicas de esportes aquáticos, tênis e handebol.

A série lançada pela Casa da Moeda inclui nove moedas, uma de ouro, quatro de prata e quatro de circulação comum. Os projetos foram desenvolvidos pelas equipes do Banco Central e da Casa da Moeda, com suporto do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos.

A moeda de ouro homenageia o Cristo Redentor e a Luta Olímpica. As de prata apresentam imagens de atividades como remo, corrida, ciclismo e vôlei de praia. Os reversos contêm imagens da cultura e da natureza do país.

As moedas de R$ 1 entrarão em circulação pela rede bancária e parte será vendida em embalagens especiais para coleção. Também será iniciada a comercialização de cartelas com conjuntos de quatro moedas de circulação comum. São três cartelas diferentes, contendo as moedas de cada um dos três lançamentos realizados.

Elas poderão ser compradas na página do Banco do Brasil ou em algumas agências do banco. A moeda de ouro terá valor de face de R$ 10 e custa R$ 1.180. O valor de face da de prata é R$ 5 e ela custa R$ 195. As de circulação comum, com valor de face de R$ 1, custam R$ 13.

O lançamento, no Estádio do Maracanã, foi feito pelo presidente da Casa da Moeda, Francisco Franco, que destacou o trabalho da instituição. “São 36 moedas ao todo. Hoje, estamos lançando nove, que é o terceiro lote. A Casa da Moeda investiu em maquinário e nossos artistas participaram da confecção das moedas”, concluiu Franco.

Deixe uma resposta